sexta-feira, 6 de março de 2009

Punhetei pro bundão da minha irmã 2




Punhetei pro bundão da minha irmã 2
By: vineto

Primeiro peço desculpas pela demora em escrever a continuação. Mas vamos ao que interessa. No domingo acordei por volta das 10h00 da manhã e não vi Letícia no quarto. Como estava um dia de sol resolvi colocar minha sunga e ir curtir um pouco a piscina.Chegando lá, não para minha surpresa, mas para minha felicidade a Lê estava deita na espreguiçadeira tomando um sol. Usava um biquini branco escandaloso. Cheguei perto e disse:- Bom dia!. Ela me respondeu: - DORMIU BEM! Nao dormi desmaiei. É EU PERCEBI. TAMBÉM DEPOIS DO QUE ACONTECEU NÃO TINHA OUTRO JEITO NÉ? Nisso eu comecei a relembra o que tinha acontecido e lógico, minha rola começou a subir. Perguntei: - O que você achou? - MUITO LEGAL. - Só isso. - TÁ FOI DELICIOSO. - Você pensa em repetir. - NÃO. - Porque?? - OLHA NÃO É CERTO O QUE FIZEMOS E VOCÊ SABE DISSO, JÁ ACONTECEU VOCÊ APROVEITOU, AGORA CHEGA, NE?. Nisso eu não me conformava, pois eu não tinha conseguido o que queria, ou seja, colocar o pau no bundão maravilhoso. - ~Lê, você sabe que não quero para e também não posso. - UÉ, NÃO PODE POR QUE? - Você sabe que tenho uma fixação enorme por essa bundona. - AH! TÁ. MAS NÃO É POR ISSO QUE PODEMOS FAZER! -Letícia, você não entende que eu sou louco por essa bunda enorme que você tem. Nisso eu puxei minha sunga pro lado e falei pra ela olhar como eu estava, deitado na espreguiçadeira ao lado dela, minha rola foi liberada e ficava apontando pra cima e pulsando. - POXA NETTO, GUARDA ISSO. Comecei a punhetá-lo de leve e ela queria que eu parasse, mas também não tirava os olhos. Fiquei em pé e continuei punhetando e ela olhando, posicionai-me atrás dela e ela deitada de bruços, colocou a cabeça pra frente, então rápidamente tirei minha sunga e comecei a deitar em cima dela. - NETTO NÃO FAZ ISSO. - Tá sintindo com está duro. - CLARO QUE ESTOU. ESTÁ MUITO DURO MESMO. Comecei a a desamarrar a parte de cima do biquíni e lamber as costas dela e subi até a nuca. Ela já aumentava a respiração e e seu corpo começava a movimentar-se. Falei baixinho no ouvido dela - Deixa eu colocar minha rola inteira nesse bundão. - TENHO MEDO, NUNCA FIZ AÍ. - Deixa comigo que farei com tanto cuidado que você nem vai sentir dor. - NÃO SEI. ACHO QUE NÃO QUERO. Virei a cabeça dela pro lado e enfiei minha lingua dentro da boca dela, enquanto enfiava minha mão por baixo pra segura um seio. Depois de um tempo beijando-a eu voltei com minha boca na sua nuca e comecei a descer com minha lingua pelas sua costas até chegar naquele puta bundão onde eu segurei as laterai do biquini e puxei até tirá-lo pelos seus pés. Comecei a lamber as batatas da perna e fui subindo pelas coxonas até eu separa as duas bandas gigantes e dar uma super lambida no seu bucetão. Nessa hora ela não aguentou e deu uma puta gemida. - PORRA NETTO, TU É FODA, ISSO NÃO SE FAZ. Percebi que ela estava muito enxarcada então vi que era só prosseguir no feito. Levantei o quadril dela fazendo com que ficasse de quatro na espreguiçadeira, então me colocquei por baixo e comecei a lamber o clitóris que estava super saltado. - AI, COMO TÁ BOM, CHUPA MINHA XOTA, VAI. AAAAHHHH. AAAAHHHHHH. De repente o corpo dela começou a tremer todo e ela teve um baita orgasmo, pois ela ía com o corpo pra frente e pra trás apertando com as mão no encosto. Saí debaixo dela e voltou a deitar-se Pedi pra que sentasse de lado na espreguiçadeira, chheguei perto e dei uma chupada nos seios ela e um beijo na sua boca. Enquanto eu chupava os seios dela ela dizia: - NOSSA, MEU CORPO AINDA TÁ TREMENDO, NÃO ME LEMBRO DE TER GOZADO TANTO COM UMA BOCA ME CHUPANDO. Eu sabia que ela nunca tinha sido fufida como se deve, então isso me ajudava muito. Ela sentads e eu agachado na frente dela, quando comecei a pôr minha lingua dentro da boca dela, senti ela pegando minha rola e começar pra frente e pra trás. - Lê, não punheta muito rápido senão eu vou esporrar. - NÃO ESPORRA AINDA NÂO. vOU MEXER DEVAGAR. - Tá gostando do meu caralho??. - MUITO. ELE FICA MUITO QUENTE QUANDO TÁ TESUDO. TEM UMA CABEÇONA ROXA BEM BONITA. Levantei-me e minha rola bateu no queixo dela, eu em pé na frente dela e ela sentada e olhando pra cima, fiz um rabo de cavalo com aqueles cabelo loiros e segurei com a mão esquerda e com a direita segurei a base da caceta e bati duas vezes num lado do rosto e depois no outro lado. Sorriu e disse: - NUNCA IMAGINEI QUE UM DIA IRIA APANHAR DE PINTÃO NA CARA. HE!HE!HE. - Aqueles três namoradinhos que você teve não sabiam a máquina de foder que tinham na mão. Otários. - NÃO FALA ASSIM, ELES SÓ NÃO TINHAM EXPERIÊNCIA. - Por isso que vou te ensinar tudo sobre uma super foda, você vai saber o que é gozar numa rola, você veio ao mundo com esse corpão pra enlouquecer todos os caralhos, sua missão é fazer muitos paus gozarem seja dentro de você ou numa punheta em sua homenagem. Pedi pra ela colocar a lingua pra fora e bati várias vezes com a cabeça da rola e então enfiei dentro da boca. Soltei o cabelo dela e coloquei a mão esquerda embaixo do queixo e a direita segurei seu cabelo em cima, então eu enfiava a rola bem devagar e tirava até a cabeça e repeti isso várias vezes, o mais gostoso foi quando aquele acumulo de saliva começou a escorrer pela boca e cair por cima daqueles seios brancos de auréola rosa e inchada, depois fazia um fiozinho até as coxas. Nooooossa tive que parar senão eporraria logo e não queria isso, pis tinha um bundaço me esperando. - Lê, fica de quatro. - O QUE VAI FAZER? - Vou realizar meu sonho. - AH! É. POSSO SABER QUAL É. - Você já sabe. Mas acho que você quer ouvir, né? - HUM! HUM! - Tá Ok! Vou me preparar pra colocar minha rola dura, em uma loira que tem o maior bundão delicioso com um cuzinho rosinha super apertado e que nunca foi fodido como se deve. - ENTENDI, SEU TARADO POR BUNDA.Me abaixei atrá dela e dei dois chupões em cada banda que deixou um vermelhão, Depois abri o rabão e comecei a trabalhar minha língua no buraqinho. Enfiei um terço da minha lingua e comecei a movimentar. - AI! AI! NEEEEEEETTO. COMO IIIIIIISSO É BOOOOOOOOOOOM. NÃO PÁÁÁÁÁÁRA. Fiquei un 20 minutos trabalhando o cú com a lingua, então me levantei e fui até dentro de casa e voltei trazendo um frasco de óleo Jhonson e mostrei pra ela, para tranquilizá-la. Abri o tubo e apetei em jato pelo bundão e o cuzinho, depois e comecei introduzir um dedo, depois dois e logo três dedos laceavam o cuzinho fonômeno. Pedi pra ela olhar pra trás e a vi franzindo a testa e os olhos cerrados. - Tá doendo quer que eu pare?? - NÃO. TÁ LOUCO. CONTINUE QUE EU VOU GOZAR NA SIRIRICA. - Se quiser eu paro?? - NAO QUERIDO, AGORA EU TAMBÉM QUERO. - Ah! é, então me diz em voz alta o que quer. - QUERO QUE MEU IRMÃOZINHO FODA MINHA BUNDA GOSTOSA E MATE SEU DESEJO. Nisso eu enfizva rápido os dedos e ela siriricava mais rápido ainda, até que ela gritou - CARAAAAAAAALHO EU TÔ GOOOOOOOOOOOZANDO DE NOOOOOOOOOVO. PUUUUUUUTA MERRRRRRRDA QUE DELÍIIIIIIIIICIA. Ela deitou-se e seu corpo tinha espasmos, era lindo ver. Nassa hora eu já estava que não me aguentava. Dei uns beijos na boca dela por um tempinho e pedi. - Lê fica de quatro que chegou minha vezes de esporrar, eu tô no limite. - TADINHO! É MESMO. Me posicionei atrás dela, joguei basteante óleo na cabeça da rola e pedi pra ela encostar o ombro na espreguiçadeira e abrir o bundão pra mim, então comecei a ir de encontro o cuzinho, dei uma forçadinha e como estava muito bezuntado de óleo não foi difícil, vi quando a cabeçorra começou a passar e alargar o buraquinho rosa e fui indo devagar mas sempre pra dentro. - NOOOOOOSSA NEEEEETTO, EU TÕ SENTINDO ELE ENTRANDO, JÁ PASSOU A CABEÇONA??? - Já Lê, a cabeça está dentro. Tá doendo?. - NÃO. SÓ UM POUQINHO, MAS ESTOU SENTINDO MEU BURAQUINHO FICAR TÃO GRANDE. Era incrível, mas o cuzinho mordia minha rola e parece que puxava pra dentro, consegui colocar tudo e encostar minha virilha no bundão dela, por dentro era muito quente, e eu precisa a todo custo me segurar pra não começar uma ejaculação fantástica dentro do rabo. - Posso te falar uma coisa? - PODE. - Estou com minha rola toda enfiada e você é a mulher mais gostosa do mundo. - TÁ GOSTANDO?? - Caralho gostando é pouco, não dá pra descrever o que é foder sua bundona de quatro. - ENTÃO APROVEITA, QUE ESTOU AMANDO SER SUA NAMORADA PUTINHA. - Então nós estamos namorando? - ESPERO QUE SIM. Então quer dizer que posso foder você a hora que eu quiser?? - UÉ, NAMORADOS NÃO FAZEM ISSO? Eu não acreditava que isso estivesse acontecendo, mas era real.Comecei a tirar a rola devagar e ntroduzir novamente. Eu procurava olhar pra cima, pois aquele bundão com marquinha de biquíni pequena que parecia um seta do tipo " introduza aqui". Nisso eu inventei de segurar os seios por baixo e quando eu peguei e comecei apertá-los, ela começou a ir e vir com o rabão e eu perdi o controle. - Caralho Lê, eu vou esporrar, puuuuuuuuuta queeeeeeee pariiiiiiiiu. - VAI, ME ENCHE COM ESSE LEITE QUENTE, ESPIRRA MUITO EM MIM. Tirei minha rola da bunda e comecei a esporrar nas costa dela, no bundão e chegou no ombro e cabelo. -NÃO QUIZ GOZAR DENTRO?? - Porra Lê, eu adoro ver meu esperma voando em cima da tua pele branquinha, o pau esquichando e a porra escorrendo te deixando toda esporrada. - É MAIS QUERIA SENTIR ESES JATOS DENTRO, SUA JATADA É MUITO FORTE E DENTRO DEVE SER MUITO BOM. - Fica tranquila que ainda temos muita foda pra realizar, vou fazer cada coisa que você vai pirar. - AH! ENTÃO VOU AGUARDAR. QUERO TE DIZER QUE NUNCA PENSEI QUE FOSSE TÃO GOSTOSO NA BUNDA. Enquanto conversávamos, ela deitada de bruços e eu de lado, eu recolhia a porra com o dedo indicador e leva na lingua dela. - NOSSA, É TÃO QUENTINHA E TÃO SALGADINH ESSA PORRA. ESPALHA UM POUCO NO MEU ROSTO, OUVI DIZER QUE É BOM PRA PELE. Dei uma risada e disse: -Vou te transformar numa putona do caralho, se continuarmos assim. - ACHO QUE JÁ SOU, NÉ?. rimos e fomos pra dentro de casa.Espero que tenham gostado, continuem me escrevendo bastante, pois respondo todos. Ainda não mostrei os relatos pra Letícia, pois não sei qual sera sua reação, mas guardo todos, pois quando mostrar quer que veja o que escreveram. Votem também, pois depois disso já aconteceram muitas coisas. Outra coisa só adicionarei no MSN, depois de trocar e-mail, só assim fico sabendo com quem vou falar sobre a Lê. Abraços.

4 comentários:

  1. Foi o melhor até agora! realemnte desejo ler mais histórias provocantes desse casal..

    Até!

    ResponderExcluir
  2. queria ter uma irma assim ia meter rola nela

    ResponderExcluir
  3. uma irma dessa eu foderia ela todo dia

    ResponderExcluir
  4. Bando de puheteiro safados

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ele é muito importante para melhorarmos cada vez mais o Blog.Se o comentario der como não enviado tente novamente é uma falha do blog, na segunda tentativa ele aceita.Obrigado!