segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Conto Erotico Comi Minha Irmã no Banho Verídico



-Me chamo Roberto, tenho 17 anos e minha irmã tem 14 anos e moramos em BH, vou relatar aqui o que aconteceu comigo e minha irmã no inicio de 2010.

Eu e minha irmã Roselene estavamos na rua brincando com nossos amigos na rua, quando deu 3 horas da tarde estava um calor terrivel, chamei minha irmã Rosilene para casa porque o sol estava muito quente e poderiamos passar mal no sol, então entramos e fomos assistir tv, estava passando um programa de praia com pessoas tomando banho de praia, então minha irmã falou para mim
"- Beto (assim que ela me chama), vamos tomar banho com a agua fria no chuveiro?"
"- Vamos Uai! tah calor demias hoje."
daí fomos panhar nossas toalhas e nossa roupa para irmos tomar banho, entramos no banheiro, deixamos a porta aberta (pois nossa mãe só chegava depois das 7 horas da noite e ainda eram 3: 20 da tarde), ligamos o chuveiro de roupa mesmo e rapidamente as roupas ficaram encharcadas, daí resolvi tirar a camisa, minha irmã sidde que tambem ia tirar porque a camisa estava muito molhada, ela tirou a camisa e vi que ela estava sem sutiã, deixando a aquele peitinho medio rosado, (ela é baixinha e gordinha, mas bem gostosinha), então falei assim pra ela:
"- Rosinha, (assim que chamo ela), vc vai ficar com os peitos de fora perto de mim? não sente vergonha?
"- Não, porque vc tbm está sem camisa perto de mim, assim não sinto vergonha!"
eu disse:
"- então tah!"
daí ela tirou a bermuda e ficou só de calcinha, daí ela vestiu de novo a camisa encharcada e tirou a calcinha (a camisa era grande, batia na metade da coxa dela), aí falei:
"- vestiu a camisa só pra dizer que está sem calcinha?!"
ela respondeu:
"- mas eu tirei a calcinha, não viu não?"
"- não, vi não!"
"- quer ver?"
"- quero, só pra tirar a duvida!"
ela levantou a camisa e vi que estava realmente sem calcinha, daí eu falei
"- agora acredito em vc!"
ela tirou a camisa e ficou completamente ´pelada na minha frente e continuei me banhando durante uns 20 segundos, daí ela me disse:
"- não vai tirar a roupa não?"
resolvi tirar e fiquei só de cueca, meu pau estava duro por cima da cueca, dava pra ver o volume, meu pau não é tão grande não, (mede 16 cm duro)
ela olhou e disse:
"- Nossa! tah grande heim!"
fiquei meio se graça e disse:
"- éh neh? gostou?"
"- é legal!"
dai ela me perguntou:
"- e aí beto, vai ou não tirar a cueca?"
"- mas vc não vai se assustar Rosinha?"
"- não!!
tirei a cueca e o pau duro saltou pra cima, ela olhava fixamente para meu pau e perguntei:
"- que foi rosinha, que não para de olhar pro meu pau?"
"- nunca tinha visto um de perto, só nos filmes pornos que peguei com uma amiga uma vez!"
"- deixo tocar nele, mas com uma condição!"
"- qual? aceito!"
"- deixar eu tocar sua xota tbm!"
ela aceitou e levantou uma das pernas e falou:
"- pode tocar, toda sua!"
acariciei a xota dela por uns 30 segundos e ela falou:
"- agora é minha vez!"
então deixei ela tocar no meu pau por mais ou menos 1 minuto, paramos de nos toca e fomos nos passar sabão, pedi a ela que me ajudasse ensaboar minhas costas, ela pegou o sabonete e tão delicada ensabou minha costas, fiquei com o pau mais duro que uma rocha de sentir ela me tocar, depois ela me pediu a mesma coisa, fiu para tras dela e pequei o sabonete e começei ensaboar e deixei o sabonete cair de proposito, ela abaixou para pegar e a bunda dela deu uma meia abrida, cheguei o pau mais pra perto dela que chegou encostar no cu dela, mas ela não disse nada, começei ensaboar devagar e com meu pau encostado na bunda dela começei roçar devagar, ela tbm começou a rebolar a bunda bem de leve, ligamos de novo o chuveiro pra tirar o sabão e dei uma encoxada nela que ela me disse:
"- Olha lá heim, beto, esse seu negocio aí ta me encostando na bunda!"
eu disse:
"- não posso encostar o pau em vc não?"
"- pode, mas só encostar!"
"- só encostar? porque não posso enfiar um pouquinho?"
"- isso não é certo, somos irmãos!"
"- mas só um pouquinho pode sim, Rosinha! se vc e eu querer não tem problema nenhum!"
ela ficou queita e continuou olhando para meu pau, perguntei a ela:
"- Rosinha, quer dar um beijo no meu pau?"
"- só um beijinho heim!"
ela agachou e pegou no meu pau e puxou a pele pra tras e deu um beijinho na cabeça que quase me fez gozar. pedi a ela para dar uma chupadinha e ela disse:
"- beto, só uma chupadinha e paramos tah?"
"- tah bom meu amor (chamei ela de amor e ela sorriu)!"
ela deu umas chupadas fortes durante uns 15 segundos levantou e ficou de frente para mim.
acabamos de nos enxaguar e quando iamos saindo do chuveiro, ela estava em pe na minha frente, eu estava de pau duro, ela estava secando o rosto, segurei meu pau e fui para enfiar na buceta dela, ela se assustou e encostou na parede, encoxei ela de frente, ela colocou o joelho para frente para me manter longe dela, então "montei" na perna dela, deixando meu pau durissimo encostado na sua perna
"- beto, o que é isso? sou sua irmã!"
"- eu sei, mas estou com vontade de te comer agora!"
"- não quero! isso não é certo!"
"- vamos fazer um acordo então gatinha?"
"- que acordo?"
"- você me deixa comer seu cu por 5 segundos e te dou meu notebook!"
(eu tinha um notebook que ganhei de aniversario de meu avô)
"- aceito, mas só por 5 segundos heim!"
ela apoiou as mãos na beirada da pia do banheiro e disse:
"- come meu cu rapido que quero sair do banheiro para me arrumar."
então pequei o sabonete, passei no pau e na porta do cu dela e ela retrucou:
"- o que é isso??"
"- é pra facilitar meu pau entrar no seu cu!"
"- ah bem, seja rapido então!"
dei uma encoxada nela e meu pau voltou a ficar duro, abri o cu dela com uma mão e com a outra segurava meu pau pra entrar no cu dela, tentei a primeira e não consegui, agaixei, abri o cu dela para ver onde era o buraco e tentei novamente, primeiro entrou a cabeça e minha irmã deu um gritinho "UUUiiiiiii", daí parei um por uns 10 segundos e começei a forçar entrada, ela gemia de dor e começei a bombar, comi o cu dela por mais de 10 minutos, quando tirei o pau do cu dela, ela quase desmaiou e quase caiu no chao do banheiro..
saiu correndo e se trancou no quarto dela e depois de ter gozado no cu dela senti uma dor imensa no peito, havia me arrependido de ter comido o cu de minha irmã, ficamos mais de duas semanas se cruzar os olhares e sem se falar, mas não deixavamos nossa mãe perceber isso, sentia uma dor imensa, me sentia um monstro por ter comido o cu de minha irmã, depois de 3 meses do ocorrido, voltamos a nos falar e ainda hoje nunca mais falamos sobre o assunto e nunca mias tomamos banho juntos, mas hj em dia chego por tras dela, dou umas encoxadas e ela gosta, acho que teria coragem de comer ela de novo, mas com certeza, depois de gozar me arrependeria!
Espero ter gostado do relato, é um relato verídico
" após a relação sexual com minha irmã, senti uma dor terrível no peito, me senti um monstro, mas isso passa! e teria coragem de repetir tuso de novo com minha irmã, mas a dor do arrependimento viría com certeza!"

19 comentários:

  1. parabens pelo conto um dos melhores pois da para ver que foi veridico e não fakes que postão aqui parabens

    ResponderExcluir
  2. Desconfio muito desses contos verídicos onde, de cara, uma garota virgem ou semi-virgem dá o cu pro irmão como se fosse a coisa mais tranquila do mundo. Pelo menos teve o bom senso de não inventar que tem um pau descomunal como normalmente acontece nessas estorias "veridicas".

    ResponderExcluir
  3. Alguns com certeza é apanas um conto, mas outros não. Quem vivi,ou viveu uma história assim de verdade vê a diferença, e realmente eu gostaria de conhecer o cara ou a garota que tem coragem de assumir de verdade,colocando fotos do ato pra tudo mundo ver.E como é algo que é proibido e difícil de se assumir publicamente as imagens mesmo que falsas dão a idéia do ato verdadeiro, sem contar que umas além de lindas deixam qualquer um de água na boca. Sis

    ResponderExcluir
  4. Lí os comentários!
    Todos tem direito de desconfiar ou acreditar.
    Eu já tive experiências com irmã e prima, e sei a diferença.
    Minha futura esposa, Berenice, até hoje transa com 1 dos irmãos, e eu aceito isso, pois também comi 2 irmãs dela e 2 primas.
    A história acima parece ser fictícia, pois com minha irmã foi parecido(banho, nudez, insinuações) e depois de carícias acabei comendo a bucetinha dela e repetimos muitas vezes sem culpa até ela namorar firme. Não dá p/ ficar no cú na 1ª vez sem experiência!Elas sentem muita dor!
    Com minha futura esposa foi parecido, depois dela tomar banho de porta aberta entrou no quarto e viu q seu irmão(ela sabia e estava a fim)a havia espiado de novo e estava se masturbando, ela partiu p/ ele e perdeu a virgindade com o irmão; só deu o cú p/ ele depois de 2 anos de transa.
    Quando citar de colocar fotos, eu e minha irmã nunca tiramos transando e nem a eXporia aqui pois hoje ela é casada. Só tenho fotos dela nua!
    Quanto fotos da minha futura esposa com o irmão, ela disse que ele tirou algumas, mas jogou fora. Mas tem fotos dela na cama antes da trandsa e depois da transa, umas ele colocou na internet mas cortou o rosto. E ontem que foi a 1ª vez q presenciei uma transa dos 2 e a inevitável DP, fotografamos com celular; ela toparia colocar as fotos, mas ele não!
    Confesso:
    Sou incestuoso e vou casar com uma incestuosa, e nossa cabeça é livre e nã sentimos culpa por isso!
    UMA SUGESTÃO:
    SE NUNCA PRATICARAM INSESTO, MAS DESEJARIAM, PODEM ATÉ CRIAR HISTÓRIAS, MAS CITEM QUE É FICÇÃO.
    LEMBREM QUE NEM TODOS E TODAS QUEREM AS FOTOS DE IRMÃS, IRMÃO, PAIS E MÃES PUBLICADAS!

    ResponderExcluir
  5. Não creio que ele ficou 10 min comendo. Inexperiente e com o tesão típico da situação e da idade, não deve ter durado 2 min. Porém, acredito que o conto seja verídico mesmo, em sua essência. De fato, quem realmente passou por isso sabe identificar.

    ResponderExcluir
  6. Olha meninos converso com alguns incestuosos de verdade e de mentirinha no MSN e tem dois caras incestuosos que acredito totalmente neles... Um conta coisas mirabolantes que faz com a irmã e o outro é só desejo... Adoro falar com eles... O que é só desejo me enlouquece e me deixa incrivelmente quente quando fala do desejo que ainda senti pela irmã... Estou louca que role um bis entre eles... O outro é um pirado, mas me identifico com algumas coisas que conta. Mas toda história que se conta sempre é romantizada ou barbarizada ou nesse caso vulgarizada, qualquer história verídica ou não se o autor consegue escrever o sentimento real do ato é perfeito mesmo que tenha romantizado a coisa para ficar melhor e sinceramente prefiro assim...! Concordo que nem todos gostam de se expor, é fato. E mesmo que seja conto ou real sempre tem um desejo atrás e quando é bem escrito nos leva a nossa própria experiência... Até diálogos e a dinâmica do ato às vezes reconhecemos... Então o fato é... Escreva com sentimento e não vulgarizando a coisa o efeito vai ser perfeito. E também acho que se não for real não custa assumir que é um conto... O desejo é o mesmo... Acho!Se não praticou o incesto mais tem o desejo ao ponto de fantasiar e escrever a respeito... Para mim já é incestuoso... O desejo faz boas histórias ou contos. Fico louca com os sonhos eróticos que um dos caras me conta que teve com a irmã... Não aconteceu, mas são maravilhosos...rsrrsrsrs

    ResponderExcluir
  7. Eu e meu irmão, acabamos de ler.
    Eu tenho 14 e ele 26 anos, estamos rindo e excitados ao mesmo tempo
    Adoramos ler contos eróticos de incesto de irmãos, eu não tenho coragem de perder a minha virgindade com ele pq eu acho bastante pessoal, e ele pensa o mesmo. O máximo que eu faço é deixar me fazer gozar me chupando enquanto eu leio, depois eu chupo ele enquanto ele ler. De vez em quando eu fico passando o pau dele na minha buceta que fica toda melada de tesão deixo as vezes escorregar a cabeça pra dentro da minha bunda pq tudo fica ensopado tanto a xana quanto o meu anus, e quando entra a metade ele meche no meu grelo até gozar muito intenso. Penso 1000 x antes de sentar, na xana mas a vontade é tremenda...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. deixa eu comer vc então pode ser minha dlç

      Excluir
  8. parabens pelo seu conto eu queria comer a minha irma pq ela é muito gostosa queria comer aquele cu da minha irma

    ResponderExcluir
  9. Parabens esse conto foi bem contado, pois em muitas das vezes a irma fica assim msm, sem reação depois da transa, mas foi bem contado, eu fiquei exitado...

    ResponderExcluir
  10. Vc estão de sacanagem Ne tantas
    Gostosas querendo fuder e vocês
    Vê s as Irmam vai da o cu seus
    Filho de uma prostituas .

    ResponderExcluir
  11. oi eu gostei foi bom a sua experiençia ,eu ja comi a minha tia foi muito gostoso eu ainda como ela de vez enquando ,ela adora ela e muito tarada.

    ResponderExcluir
  12. velho ficou bom mas vc devia ter dado mais detalhes deveria antes de temrina o conto anunciar uma sgunda parte

    ResponderExcluir
  13. Gostei do conto foi bem contado!

    ResponderExcluir
  14. Um notebook pra comer um cu ? sua irmã deve ser muito boa de cu. é muito caro pra comer um cuzinho.

    ResponderExcluir
  15. eu tbm dei muito nas coxas para meu irmão quando eramos adolecentes gozava como nunca gozei era muito bom uma vez deixei ele penetrar a rolha dele no meu cu e foi a melhor coisa q ja senti nunca mais tive uma rolha tão boa na minha vida,ele tem uma piça grossa e gr q me fazia ver estrelas muito bom

    ResponderExcluir
  16. to fudendo minha irman agora :3

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ele é muito importante para melhorarmos cada vez mais o Blog.Se o comentario der como não enviado tente novamente é uma falha do blog, na segunda tentativa ele aceita.Obrigado!