terça-feira, 26 de julho de 2011

No quarto com minha irma e a amiga



Meu nome é joao (fictício), eu tenho 20 anos e moro em laffaiete, louisiana eua.
eu sou de osasco e estou morando aqui com um primo meu, aprendendo inglês,
arranjando trabalho e ganhando experiência. eu sou apaixonado por contos
eróticos, porque acredito que é melhor imaginar do que ver fotos. bem,
existem alguns tipos de contos em que o narrador, simplesmente fala tudo
que supostamente aconteceu de uma forma muito ridícula, geralmente sao histórias
inventadas, muito difíceis de acreditar. este é o meu primeiro conto e o que
eu vou contar aqui, pode acreditar, nao tem nada de fantasia, e eu nao vou
acrecentar nada a mais para ficar mais quente ou melhor, pois tudo foi muito
perfeito. tenho muitas histórias para contar, como por exemplo histórias sobre
minhas primas, amigas, namoradas virtuais e tudo mais, mas acho que esta foi
a melhor história que já me aconteceu na vida e eu nao posso deixar para trás.
bem, eu tenho uma irmã maravilhosa, coisa de cinema. ela já ganhou muitos desfiles
em primeiro lugar, já foi rainha de muitas competiçoes esportivas, já foi
cheerleader de um campeonato estadual e é cobicada por 11 em cada 10 amigos que
eu tenho. ela é loira de olhos azuis, rosto de anjo, nao é baixa, tem 1,66m,
barriguinha linda, corpo bronzeado artificialmente com marquinhas, ela é branquinha
quando nao toma sol, tem os seios deliciosos, um bumbum redondinho igual ao da
daniele winitz, uma boquinha linda, minha irma nao tem defeitos, suas pernas sao
lindas, uma coxa maravilhosa e uma xaninha macia e limpinha, até eu já tive vontade
de chupar ela e um tempo atrás eu até bati punheta pensando nela, mas depois
percebi que nunca seria possivel comer ela e portanto parei com isso.
bem, a historia que eu vou contar aconteceu gracas a minha irma. ela morou nos estados
unidos por dois anos e meio, na flórida, e lá conheceu muitas amigas.
quando eu conversava com minha irma pelo aol instant messenger ela sempre me apresentava
as amigas dela e eu ficava conversando com elas depois pelo messenger.
eu fiz amizade com uma delas chamada tamara, uma morena estilo sheila mello, de
tirar o folego de qualquer um, certas vezes eu conversava com ela sobre assuntos
quentes mas ela nunca cedeu a mim, e assim eu mantinha a amizade com ela
no puro interesse de bater uma punheta fazendo sexo virtual com ela do brasil e
ela nos estados unidos, mas isso nunca aconteceu infelizmente.
bem, no fim do ano de 2001 minha irma voltou para o brasil nos visitar e depois
iria voltar para os estados unidos, e entao, ela iria para a festa de formatura
do colegio onde eu estudava, eu havia me formado um ano atrás mas como ela, nao perdia
nenhuma festa de formatura, pois eu, assim como ela, que também estudou naquele colégio,
conhecemos muita gente e é sempre divertido ir.

bem, lá estava eu me arrumando no quarto, quando o interfone do meu prédio tocou.
eram os meus amigos que tinham vindo para casa pois iriam no meu carro. eles chegaram
e entraram no meu quarto. quando eu terminei de me trocar, minha mae chamou todos para
a sala para tirar foto, pois estavamos todos de terno. foi entao que neste momento eu tive
a maior surpresa de todos os tempos, minha irma saiu do quarto dela maravilhosa,
como sempre esta, novidade. mas atras dela saiu uma amiga maravilhosa que eu nunca tinha visto
e nunca tinha conversado. minha irma disse que ela era renata, uma amiga dela
brasileira que morava e estudava na mesma cidade que ela nos estados unidos e que
como ela, estava no brasil de ferias de fim de ano, que sao menos de quinze dias.

renata era morena de olhos verdes, cabelos lisos e negros, um pouco mais alta que minha
irma e muito mais gostosa que a minha irma, bem, nao era mais bonita, porque
isso é simplesmente impossivel, minha irma humilha qualquer uma, mas ela era
tao linda, mas tao linda, que nem mesmo o mais fresco dos homens para mulher seria
capaz de dizer que ela é bonita, diria que ela é maravilhosa.
seios grandes e cintura superfina, um bumbum redondinho e saliente de deixar agua
na boca de qualquer espectador de filmes pornos. carinha de safada, mas postura de dificil.
aquele tipo de garota que todos dizem, que metida, que narizinho para cima.

bem, ela foi educada e comprimentou todos os meus amigos. eu espertamente disse para eles
que eu nao queria que dois deles fossem comigo pois eu queria levar minha irma e ela no meu carro.
dois deles entenderam na hora e ligaram para outros amigos o virem buscar.

fomos na formatura e lá eu nao tentei nada com renata, e ela como era metida nao ficou com ninguem.
eu vasculhei a festa inteira procurando minhas ficantes e encontrei muitas delas com outros caras.
tudo bem, nao eram nada sério mesmo. eu fiquei com 2 garotas lindas na festa, e fiquei muito longe da
minha irma, que também nao ficou com ninguém pois namora um cara dos estados unidos bem mais velho que ela
que tem 18 anos, e renata que tem 19.

na volta para casa, minha irma e ela voltaram com uns amigos da minha irma.
eu voltei com dois amigos e uma garota que eu tinha ficado, levei todos para casa e fui para minha.

quando cheguei em casa deitei e dormi, mas no meio da madrugada eu tive um sonho
maravilhoso comendo duas garotas ao mesmo tempo, acordei de pau duro e cheio de tesao,
já peguei e tranquei meu quarto e liguei o video para assistir um filme porno
mas quando ia teclar play, eu me lembrei de uma coisa, a amiga da minha irma estava dormindo em
casa. foi neste momento que eu peguei o telefone celular e liguei para a
priscilla, amiga da minha irma, ela atendeu e eu perguntei nada inocentemente
onde estava minha irma, priscilla disse que elas tinham bebido muito e voltaram
carregadas da festa, muito mal, disse que levou as duas até a cama da minha irma e as deixaram lá
pois elas nem falavam nada com nada. eu desliguei o telefone e pensei, puxa
elas estao bebadas, devem estar dormindo que nem pedra.

desliguei as luzes, coloquei uma meia para nao fazer barulho com os pés e destranquei
minha porta, caminhando lentamente até o quarto da minha irma. abri a porta bem
lentamente sem fazer nenhum barulho, e acendi a luz brucamente.
as duas estavam alí, lindamente dormindo, as duas de camisolas. nao houve a minima reacao das duas com a luz acesa
e eu conclui que as duas nem sabiam se estavam vivas ou nao.

apaguei a luz e deixei a porta do quarto da minha irma semi aberta para a claridade entrar
um pouco, eu sabia que meus pais nao iriam aparecer por ali porque naquele horario
os coroas dormem como pedras com a porta do quarto deles trancada, nao conseguindo
ouvir nada do que se passa do lado de fora da casa.

cheguei lentamente até a cama da minha irma e lá estava ela dormindo pesadamente.
eu nao queria que nada desse errado, estava com o pau que nem pedra, entao eu fingi que fui la para ver
como ela estava, para ela nao desconfiar, entao eu peguei no rosto dela e bati de leve
no seu rosto, se ela acordasse eu perguntaria se ela estava bem e tal, se precisava
beber algo, mas ela simplesmente nao respondeu, nem se mexeu, maravilha.
eu fui entao para a cama de renata que estava no chao, num colchao improvisado.
fiz a mesma coisa com ela e parecia que ela estava bem pior que minha irma pois
nem reacao ela tinha.

foi entao que me veio uma loucura na cabeca, eu peguei e tirei a manta leve que
havia em cima de renata, e me deitei do lado dela bem lentamente. abracei ela e nao
vi nenhuma reacao da garota. comecei a olhar para o seu rosto e ao mesmo
tempo colocar a mao na sua cintura, eu estava com muito medo mas muito tesao.
apertei bem forte a cintura dela e nao ouve reacao. entao eu peguei e beijei o pescoco dela,
coloquei meu dedo na boca dela como se fosse um pau e esfreguei ele nos labios
dela. meu deus, como eu fui mal, a garota era maravilhosa, metida, impossivel de
se ficar, e eu estava lá covardemente me aproveitando da bebedeira dela para
toca la, sem remorso algum.

coloquei minha mao na barriguinha dela, que era durinha e macia, depois coloquei
minha mao direto no bumbum dela, meu deus como era redonda e gostosa.
como nao havia reacao dela, eu peguei seu shortinho e comecei a tirar, neste
momento ela se mexeu, eu fiquei parado e desencostei dela. o shortinho dela
ja estava quase na metade do bumbum, ela voltou a ficar em silencio e eu voltei
a tentar, e nao houve reacao, pronto, lá estava a garota dos meus sonhos de bumbum
nú virado para mim, dormindo bebada e sem reacao. eu disse para mim mesmo, joao
voce é um doido, mas vá em frente, melhor se foder tentando do que morrer chorando.
fiquei de joelhos e tirei minha calca seguei meu pau e comecei a bater punheta
olhando para aquela bunda maravilhosa, meu deus como foi bom.
beijei aquela bunda e passei minha lingua perto do cuzinho dela, nenhuma reacao.
continuei batendo, desta vez com o pau batendo num dos lados da bunda dela.
neste momento meu medo tinha passado, eu queria que tudo se fodesse, eu tava lá
e se ela acordasse eu iria dizer que nao tava nem ai, ela que se fodesse.
entao eu levantei e dei a volta no colchao, parei de frente para o rosto dela.
segurei o corpo dela e coloquei ela de frente, ela nao acordou. subi a blusinha dela e
vi seus seios enormes e lindos brotarem daquele sutian meia taca, que coisa linda.
eu nao deabotoei o sutian, mas coloquei eles para cima e os seios saltaram para frente
lá estava ela, toda nua, só para mim, entao eu bati uma punheta tocando seus seios, segurei-os
firmemente, chupei devagarzinho e encostei minha buchecha neles, é muito bom fazer isso,
sentir o calor dos seios... foi entao que a vontade de gozar chegou, eu comecei a
bater entao perto da boca dela e depois enfiei a cabeca do meu pau na boquinha, nao
coloquei mais porque eu estava batendo e ela poderia acordar, quando a vontade de gozar
chegou eu tirei o pau de perto da boca dela e mirei no chao, esporrei como nunca e
coloquei minha calca rapidinho. coloquei o sutian dela de novo mas o shorts eu nao quis por medo
dela acordar. coloquei a coberta nela e sai do quarto, fui no banheiro, lavei minhas maos e meu pau.
e comecei a assistir um televisao. passou uma hora e meia e eu olhei no relogio, eram 4 da madrugada.
eu me levantei e voltei para o quarto, rapidamente e sem medo, eu coloquei de novo
a calca dela e coloquei a manta de novo.

era a vez da minha irma sofrer um pouco. beijei ela na boca lentamente e tirei
meu pau para fora, coloquei ele encostado nos labios dela, e comecei a bater, quando
eu estava quase gozando ela se mexeu e resmungou alguma coisa ao mesmo tempo em que se
movia para o outro lado da cama, eu quase fiquei roxo, e conclui que ela seria impossivel.

voltei para renata, e disse, tudo bem, serve ela. peguei a mao dela e coloquei no meu pau
eu nao tinha medo dela, nao mesmo. ela obviamente nao segurou, estava dormindo,
entao eu apertei a mao dela com a minha no meu pau e comecei a bater, nossa, foi maravilhoso
eu bati muito muito muito. ela nao acordou e na hora que eu nao estava aguentando mais
eu coloquei meu pau na palma da mao dela gozei bem quente na maozinha dela, com seu rosto de olhos
fechados virados para mim, eu peguei sua propria blusinha e limpei o exesso de porra da mao dela.
e fui para o meu quarto dormir.

acredite ou nao, essa historia é a mais verdadeira que existe no mundo, foi exatamente desse jeito
que tudo aconteceu, vc nao imagina como é gostoso bater punheta na cara da sua irma,
na cara da amiga dela. duas mulheres ao mesmo tempo, uma sendo sua irma e a outra sendo uma amiga.
eu sei que é algo muito dificil de se acontecer mas como as duas estavam dormindo
bebadas eu bati punheta pensando nelas, mas com elas definitivamente ali em carne e osso
para satisfazer minha imaginacao. essa foi a minha história

Um comentário:

  1. Massa essa tua historia... Tb já botei a mão da minha irma no meu pau, e tb já coloquei o pau na boquinha dela enquanto ela dormia... isso sem estar bebada,nem nada... so dormindo! é ótimo...

    mas no teu caso, tu podia ter metido na renata... ne q fosse devagarzinho... ela nao ia nem se quer acordar...

    mas foi massa teu relato! bem q a minha irma podia arrumar uma amiga dessas! kkk

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ele é muito importante para melhorarmos cada vez mais o Blog.Se o comentario der como não enviado tente novamente é uma falha do blog, na segunda tentativa ele aceita.Obrigado!