terça-feira, 8 de maio de 2012

incesto com minha irmã partes 1 e 2!

 

incesto com minha irmã (1)

1. Capítulo 1

  1. Capítulo 1
Olá amigos , quero contar para vocês oque aconteceu comigo,
e uma estoria real, levei 20 anos para consegui contar.
Tudo começou quando éramos ciança, eu 9 anos ela 13,
estávamos sempre juntos ,ela cuidava muito de mim.
Na ocasião, estavamos de férias no sitio do nosso avô,
la tinha um riacho, onde iamos brincar ,e nos banhar.
Naquele dia, quando voltávamos para a casa, ela me pediu:
deixa eu ver seu pinto?
Como eu éra muito inocente não vi maldade nenhuma , pois tomavamos banho juntos.
Então eu baixei o calção e ela o pegou e começou a esfregar,
e ele começou a ficar duro.
Eu não sabia esatamente oque estava acontecendo, só babia que aquilo
éra muito bom.
Eu tinha "fimose" e num daqueles movimentos a pele rasgou,
e doeu muito e começou a sangrar.
Então ela se assustou e pediu pra eu não falar como tinha acontecido pra ninguem.
E eu obedeci e disse pra minha mãe que eu estava fazendo xixi quando
aconteceu.
Dali pra frente eu nunca mais esqueci oque havia acontecido, mas ela nunca mais me pediu aquilo.
Os anos foram passando , fomos crecendo , fui aprendendo oque éra ceto e errado, mas nunca esqueci daquele dia no sitio.
Nós nunca tocamos nesse assunto, até porque eu tinha medo.
Eu ja tinha 13 anos e ela 17, éa uma mulher muito bonita ,cabelos negro
cacheados ,um corpo lindo e uma bunda maravilhosa, eu nunca havia me atrevido a espiala tomando banho, mas um dia voltando da escola, ela estava no chuveiro.
com o som ligado bem alto, não havia ninguem em casa , e então resolvi arriscar.
Fui pra porta do banheiro e comecei a espiar, quando eu vi aquela corpo nu eu comecei a temer de tesão ,minha boca secou e meu pau ficou tão duro que
eu achei que iria quebrar.
Não aguentei e comecei a bater uma punheta ali mesmo ,bem quietinho.
A noite quando fomos dormir eu não conseguia tirar aquele corpo da cabeça, e me veio ainda mais forte a lembrança daquele dia no sitio.
Naquela mesma noite , eu decidi que iria comela, mas como só se ela estivesse dormindo.
E foi desse jeito mesmo que eu consegui, todas as noites a partir daquele dia, eu espeava ela dormir ia ate a cama dela, tirava cuidadosamente o lençol,
ea a fodia "superficialmente" mas para mim já estava bom.
Isto aconteceu por 2 anos sem ninguem perceber, e eu cada dia tinha mais tesão por ela.
o tempo foi passando ela agora com 19 aninhos de pura gostosura, terminou os estudos e arrumou um trabalho, só que em outra cidade.
pra mim aquilo foi o fim do mundo ,pois ela iria embora, e eu ficaria sem
tocala.
Ela vinha nos visitar uma vez por mes , e muitas vezes eu não conseguia,
fazer oque éra de costume.
Até que um dia ela veio ,e nos iriamos a fazenda de um amigo de nosso pai, para fazer uma pescaria , e minha mãe resolveu ir junto e então iriamos todos.
Naquela noite antecedendo o passeio, eu tentei foder aquela bunda maravilhosa e até consegui pois ela tinha o sono muito pesado, mas ma empolguei demais e dei uma estocada muito forte ,e então ela acordou.
Com o susto ela se virou rapidamente e acendeu a luz do abajur,
e me viu, naquela situação , pelado e de pau duro.
me olhou com ódia e perguntou:"oque tu ta fazendo aqui seu desgraçado"
Eu perdi a voz e não conseguia dizer nada.
Ela então mandou que eu saí­sse do quarto que pela manhã ,eu iria ver.
Fiquei apavorado, não consegui mais dormir, tinha até vontade de vomitar.
Amanheceu o dia e todos lavantaram para irmos ao passeio na fazenda,
ela levantou e me olhou com muito ódio ,mas não falou nada, aquilo pra mim foi um alivio. se minha mãe soubesse ela me mataria.
Então fomos para a fazenda 3 horas de viagem e nenhuma palavra.
Minha mãe peguntou se havia acontecido alguma coisa ,e ela respondeu que não, olhando pra mim.
Quando chegamos eu fui logo arrumando o material de pesca,
pois queria ir para a lagoa logo pra fugir daquele clima.
peguei minhas coisas e fui , pois meu pai e o amigo dele, iriam só a
tardinha.
Quando eu estava a uns 50 metros da casa ouvi álguem me chamar,
era minha irmã me mandando esperar, pois iria comigo.
O caminho até a lagoa dava mais ou menos 40 minutos apé.
eles virian de trator.
no caminho nos nâo nos falavamos, eu tinha que aruumar coragem,
paa tentar explicar oque não tinha explicação.
Então falei " quero pedir desculpas por ontem a noite"
Ela " não quero falar sobre isso"
Então me calei.
chegamos arumamos as coisas e eu comecei a pescar ,enquanto ela
ficou sentada numa sombra de um bambuzal que tinha la.
Ela estava bebendo uma bebida verde que eu não conhecia e então me ofereceu, e eu aceitei.
aquilo era muito forte , e eu tomei outro gole, aquela bebida me fez tomar coragem pra falar, oque estava escondido dento de mim todos estes anos
Então eu respirei bem fundo ,olhei pra ela e disse.
"sabe oque que eu tava fazendo na tia cama pelado"
Ela: "não sei e não quero saber"
Eu: "mas eu vou falar mesmo assim, eu estava te fodendo enquanto
tu dormia ,como venho fazendo muito antes de tu sair de casa."
Quando eu falei aquilo ela levantou e começou a me xingar de porco,
de doente de louca de nogento de tudo.
Eu "quem começou tudo isso foi tu naquele dia no sitio, quando tu pegou no meu pau e começou a esfregar, lembra?
Ela então ficou quieta e tomou um gole daquela bebida.
Eu havia pensado já estou fodido mesmo agora tudo é lucro.
Deixei o tempo passar, lhe disse:
"posso te pedir uma coisa"
Ela"depende"
"é uma coisa que eu preciso e que enquanto eu não tiver eu não vou desistir"
Ela "oque é"
Eu "a tua buceta"
Ela "oque tá ficando maluco ,eu sou sua irmã esqueceu isso é pecado"
Eu "pecado e eu ficar o resto da minha vi sofrendo por uma coisa que não que tu pode me dar e que não vai te fazer falta"
Ela então baixou a cabeça e não disse nada.
Eu "se tu fizer só uma vez comigo eu prometo por tudo oque tu quiser,
que nunca mais eu te perturbo com isso"
Ela "nunca, nunca vou fazer isso eu nunca iria me perdoar"
Eu "e se tu deixar so´eu encostar na tua bunda e bater uma punheta olhando pra ela , pode."
Ela não me respondeu.
Eu insisti" se for so por um minuto 60 segundos da tua vida ,pelo resto da minha, eu nunca mais vou incomodar eu prometo"
Ela olhou pra mim e disse , "60 segundos é isso mesmo ,nunca mais tu me encomoda"
Eu "eu prometo"
Ela "então tá bom eu vou fazer isso por ti , mas vamos logo antes que apareça alguem".
Eu não estava acreditando noque estava ouvindo, e rapidamente
providenciei uma toalha de banho que eu havia lavado ppra ficar em cima,fomos pra tras do bambuzal que ficava bem escondido.
Ela "não preciso tirar a calcinha né"
Eu "não só a calça ja ta bom"
Entao ela tirou a calça , e meu pau parecia que iria esplodir.
Ela "como que é pra eu ficar"
Eu "de quatro "
Ela "não esqueça que é so um minuto hein, eu viu marcar no relogio"
Eu "sim eu sei já entendi"
E então começamos ela se colocou de quatro e eu vim por trás
me ageitei bem no mei daquela enorme bunda maravilhosa, e fique esperan ela me dizer pra começar.
Então ela disse:" pode usar o teu um minuto"
E eu comecei a fazer meovimentos pra frente e pra tras , e epertava bem meu pau contra a buceta dela pra ver se ela não mudava de ideia e me deixava foder de verdade, eu fazia com tanta força que ela reclamou.
" ai vai mais devagar que ta me machucando teu pau ta muito duro"
Então quando faltava uns 15 segundos para terminar meu tempo, eu
resolvi fazer oque tinha que ser feito.
Ela estava confiando em mim, não sabia que eu iria fazer isso.
Arranquei a calcinha dela e enfiei o meu pau todinho naquela boceta.
Ela "aaiiiii para tu ta louco tu me prometeu ,desgraçado,aaiiii"
"me desculpa maninha mas eu não consegui aguentar e agoa ja ta dentro e eu vou te foder"
Ela se debatia e gritava e chorava e eu fodia fodia muito.
Até que então ela de um grito longo e suave. ela esta gosando,
não podia acreditar tinha feitp minh irmã gozar.
Ai ela então relaxou e deixou que eu terminasse oque eu havia começado.
Depoi dali nunca mais falamos no assunto, mas outras coisas aconteceram.
Tudo oque foi dito aqui realmente aconteçeu ,cada palavra tudo.
eu estou pesando uma tonelada a menos, OBRIGADO!

incesto com minha irmã (2)

1. Capítulo 1

  1. Capítulo 1
Olá amigos aqui estou eu de novo, para terminar de contar sobre oque aconteceu.
Depois daquele dia da pescaria na fazenda, ficou tudo muito estranho,
nos não nos olhavamos mais, não converssamos mais , ficou tudo muito ruim.
Mas como não a nada que o tempo não de um jeito!
Dez anos depois que aconteceu minha irmã casou, e foi morar bem longe .
da nossa cidade, eu sentia muita saudade mas consegui esquecer um pouco,
ate porque tinha que levar a minha vida.
Tive muitas namoradas , mas nunca gostei de nenhuma.
Então um dia chegou uma carta dela, dizendo que estava bem e que estava fazendo faculdade, e peguntou como eu estava e pediu para eu escrever,
aquilo foi um alivio pra mim , significava que ela ja não estava tão brava assim comigo.
Alguns meses depois eu resolvi escrever, mas nunca tocando naquele assunto.
E ela então me respondeu ,me convidando para ir passear lá.
mas e claro que eu não fui.
Então no final do ano ela veio sozinha para passar com a familia.
Eu ja não estava mais morando com meus pais ,
Morava em um apartamento no centro da cidade.
Então no dia 31 depois da meia noite resolvemos dar uma esticada.
Fomos a uma boate dançamos e bebemos até não aguentar mais.
E junto daquela bebedeira me veio tambem o tesão que eu tinha por ela.
Saimos da boata e fomos embora, mas eu não conseguia pensar em outra coisa
senão fodela de novo.
Foi ai que perguntei a ela se não queria passar a noite no meu apartamento.
Pois estava muito bebeda, e ia lavar bronca da nossa mãe.
ela aceitou.
Quando chegamos ,tive quase que carregala ela estava muito tonta,
levei ela direto pro quarto ,e perguntei se ela não queria tomar um banho.
pra acordar, ela concordou,
peguei uma toalha e dei na mão dela,
e ela me pediu ajuda pra chegar ao banheiro.
Eu ja estava louco de tesão, mas me controlei.
No banheiro ela estava com dificuldade para tirar a roupa,
E então com todo o prazer eu a ajudei.
Ela continuava muito gostosa não tanto quanto antes mais ainda era.
Ela ficou só de calcinha e me pdiu pra sair, eu obedeci.
Fui para a cosinha ainda meio atordoado com aquele tesão.
E esperei ela sair do banho.
Então ela me chamou para ajudala de volta para o quarto.
me perguntou: "onde vce vai dormir Só tem uma cama aqui.
Disse para ela que dormiria no chão.
Então ela se deitou do jeito que ela estava só com a toalha
Eu estava quase louco e com um pouco de alcool na cabeça, não estava mais raciocinando.
Eu fiquei ali parado olhando praquele corpão, e pensei a merda já foi feita mesmo
pior não vai ficar.
tirei a toalha ,e ela nem se mexeu, arrumei ela ecima da cama tambem não se mexeu, então pensei melhor assim.
Tirei toda a minha roupa coloquei um preservativo e comecei a lamber a sua buceta , fazendo isso viei ela de lado com uma perna encolhida e a outra não
e fui colocando meu pau naquela buceta maravilhosa.
Comecei bem de leve depois fui aumentando as estocadas e vendo aquela bunda gostosa tremer.
O efeito do alcool de me deixava gosar e meu pau estava muito duro.
Então levantei os quadris dela e coloquei 2 travesseiros em baixo,
e aquela bunda ficou ali esposta pra mim.
coloquei meu pau outra vez e comecei a foder com muita força , eu ja queria e que ela acordasse,mas não deu tempo comecei a gozar que parecia que ia sai todo o meu corpo pelo pau.
Fui tomar um banho e fui dormir .
Pela manha ela acordou com a toalha por cima eu estava na sala.
Mas acho que ela desconfiou, não me disse nada, se trocou e eu a levei pra casa.
E assim termina minha história com minha irmã.
Obrigado!

3 comentários:

  1. todas as histórias são excelentes, um dia vou colocar a minha, alguém tem o link ou sabe onde posso baixar as outras revistas incest magazines?

    ResponderExcluir
  2. Se isso aconteceu mesmo, então tu é um doente!
    Tu estuprou sua irmã seu nojento

    ResponderExcluir
  3. Não entendo como uma pessoa que não curte incesto entra neste site, lê o conto e coloca um comentário criticando o autor e o chama de doente. Quem não curte incesto não deve entrar neste site. Não curte, vai ler historinha da cinderela seu retardado.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário ele é muito importante para melhorarmos cada vez mais o Blog.Se o comentario der como não enviado tente novamente é uma falha do blog, na segunda tentativa ele aceita.Obrigado!